2013-11-11

Pizza mozzarella sem glúten e sem lactose

Olá a todos, como vai essa dieta? Hoje decidi trazer-vos uma receita de pizza. É isso mesmo ... uma bela pizza! Pois é ... não é porque estamos de dieta que não podemos desfrutar destes prazeres!

Que tal? Os convidados aprovaram ... estava mesmo uma delícia! E não é muito difícil, acreditem! Especialmente se estiverem com pessoas em casa, o menu tranforma-se num evento social, em que convivemos ao mesmo tempo que cozinhamos!

Comecemos pela massa da pizza.

Ingredientes:
  • 3 colheres de sopa de leite sem lactose em pó;
  • 1 saqueta de fermento Shar;
  • 360ml de água morna;
  • 500gr de farinha sem glúten Shar, Mix B;
  • 1 colher de chá de sal;
  • 1 colher de sopa de açucar;
  • 2 colher de sopa de azeite;
  • meia chávena de azeite (reserva para untar a fôrma)
Colocar na Máquina do Pão, no programa para massa de pizza. Coloca primeiro os ingredientes líquidos e o sal, e posteriormente a farinha e o fermento no fim. A máquina faz tudo sozinha!

Entretanto vamos tratar do recheio.

Ingredientes:
  • Cebola qb;
  • Tomate qb;
  • Fiambre de peru, uma fatia grossa (cerca de 1,5cm);
  • Salpicão de peru qb;
  • Molho de tomate, para pizzas (usei Ferbar);
  • Mozzarella ralada qb (comprei marca Continente);
  • Orégãos qb.
Corta a cebola, o tomate e o fiambre em cubinhos pequeninos, e reserva-os, separadamente em taças. Corta o salpicão às rodelas.

Entretanto, quando a massa ficar pronta, retira-a da cuba, divide-a ao meio e coloca as duas porções em cima da mesa, previamente salpicada de farinha. Estica a massa, com as mãos ou com a ajuda de um rolo da massa (dá-lhe a forma que quiseres, nós fizemos redonda). Esta quantidade de massa dá para fazer duas pizzas médias (4 pessoas).

Depois da massa esticada, coloca-a num tabuleiro, ou forma (nós usámos uma forma de tarde, de pouca altura, mas vocês podem colocar no tabuleiro do forno, se preferirem). A forma deve já estar generosamente untada com o azeite que reservámos. A seguir, é hora de montar a pizza. Cobre a massa com uma generosa porção de molho de tomate; a seguir cobre com mozzarella e os outros ingredientes (cuidado para não encher demasiado a pizza - não fica boa) e depois, mozzarella de novo por cima. Por fim, salpica com orégãos.


Coloca a primeira pizza no forno, pré-aquecido a 200ºC e entretanto vai montando a segunda. Convida os teus amigos ou familiares para montar a pizza contigo - é divertido! :) Deixa cozer de 15 a 20 minutos, ou até começar a ficar tostada.

Quando começar a ficar tostada (depende do teu gosto), retira do forno e desfruta! :)


E como é com os tipos genéticos? Bem, a farinha Mix B da Shar contém farinha de arroz (não diz nos ingredientes se é branca ou integral - a farinha de arroz branco é toxina para os tipos "professor" e "guerreiro", por isso, se acharem melhor, podem sempre substituir esta farinha por de arroz integral ... mas eu nunca fiz assim, logo .... não sei se funciona). Todos os outros tipos genéticos podem ingerir esta farinha, à vontade.

O leite em pó e o açúcar podem ser retirados da receita, se for preciso - se o fizerem, a massa ficará mais fina. Vejam o melhor, para a vossa dieta. O azeite é ótimo para todos os tipos.

O peru é "toxina" para o "guerreiro" (pode substituir por atum), mas é ótimo para todos os outros tipos. A cebola é muito boa para todos; os orégãos podem ser ingeridos também. Quanto ao tomate, tem ponto para o "caçador", "professor", "explorador" e "guerreiro" e é toxina para o "nómada" (este último pode substituir o molho de tomate por molho de iogurte). Por último, a mozzarella é superalimento para o "explorador", toxina para o "guerreiro" (pode substituir por outro queijo permitido) e tem ponto para todos os outros.

Façam as adaptações necessárias ... e depois contem como ficou. Esta versão que aqui apresento foi criada em especial para pessoas do tipo "explorador". Ficou deliciosa e com certeza será para repetir. 


Com a lareira acesa, um bom chá e ótima companhia ... haverá melhor? Boa dieta! :)