2013-12-03

Dicas para comer fora de forma saudável

Olá a todos ... como vai essa dieta? Não me digam ... não têm conseguido cumprir a dieta? Pois, muita correria, pouco tempo para fazer compras e cozinhar - nada mais natural na atual sociedade em que vivemos! Às vezes, nem sequer conseguimos fazer as refeições em casa - que é o modo mais fácil de cumprir a dieta!

Mas não desesperem - há solução! É possível conciliar a dieta que fazem com o facto de ter de fazer refeições fora de casa e sem gastar uma fortuna. Vou dar algumas dicas. 

Menu Kid, com refeição para a dieta do explorador.
Os restaurantes self-service são uma ótima opção! Basicamente, num restaurante desses, podemos escolher todos os ingredientes que colocaremos no nosso prato. O Pingo Doce, por exemplo, tem lojas com restaurante (vejam aqui as lojas Pingo Doce com restaurante). Lá, é possível fazer refeições económicas e bastante nutritivas. O Menu Kid custa apenas 3,50€ (pode ser pedido por um adulto) - obrigada MS por esta dica!!!

Este foi apenas um exemplo. Mas, o que devem ter em mente quando tiverem de comer fora?

Informem-se
Muitas cadeias de restaurantes têm disponível, no seu site, informação nutricional.
Se consultarem a informação nutricional dos vossos pratos, poderão optar por uma cadeia, em vez de outra, ou por um determinado prato, face a outro mais calórico e mais pobre em nutrientes.

Bebidas
Quando escolherem a bebida, pensem bem no que vão beber. Os refrigerantes, ou mesmo as bebidas alcoólicas têm muitas calorias, além de serem processadas, e não saciam, nem satisfazem tanto como uma refeição de prato. Por isso, evitem sumos e outros refrigerantes. Optem pela água. Se vos apetecer um sumo, optem pelos naturais, de frutas que te façam bem.

Aperitivos
Enquanto esperam pela vossa refeição, evitem as entradas e os aperitivos, que se encontram na mesa (ou rejeitem-nos, se os vierem trazer - não tenham vergonha). Se tiverem muita fome, peçam uma sopa. Rica em nutrientes e muito mais pobre em calorias, em comparação com os tradicionais aperitivos: manteigas, pão, patés, azeitonas (que, alias, a maioria de nós nem pode comer).

Meia dose
A maioria dos pratos de menu dos restaurantes vêm em doses, logo têm comida (e calorias) suficientes para duas pessoas. Dividam a vossa refeição com outra pessoa. Ou peçam para levar o resto para casa - a maioria dos restaurante tem recipientes próprios para o efeito. Caso seja possível, peçam meia dose, ou dose infantil (pagam menos e mantêm a linha).

O que comer?
Escolham comidas e alimentos que sejam bons para a dieta que fazem (optem pelos superalimentos). Não cedam à tentação de colocar alimentos proibidos no prato!

Acompanhamento
As saladas são, provavelmente, os pratos mais saudáveis, e por isso são, também, os melhores acompanhamentos.  Se acham a salada aborrecida, optem pelo arroz, por exemplo, ou legumes cozidos!

Molhos
Se a vossa comida vem acompanhada de molhos, peçam para servirem o molho à parte, dessa forma evitam a sua ingestão, ou pelo menos, cortam na quantidade.

Sobremesas
Sabe tão bem comer uma sobremesa no restaurante ...!
No entanto, as sobremesas, fora de casa, não costumam ser boas opções, especialmente bolos e outros doces com muitos cremes. É uma grande quebra na dieta comer doces fora de casa (onde não sabemos quais os ingredientes usados). Se precisam mesmo de comer alguma coisa depois da refeição, optem por fruta.

Se gostarem, podem beber um café, em vez de uma sobremesa (se for permitido para o teu tipo genético). Baixo em calorias, o café dá uma sensação de satisfação e de fim de refeição, além de te dar energia, que compensa a sensação pesada que uma refeição pode provocar. Nunca se esqueçam de que um genuíno apreciador de café, bebe-o sem açúcar! :)

Boa dieta!